quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Quanto mais, melhor ! .... Será?



Não há intenção alguma de nossa parte colocar em questão a forma como vem sendo conduzidas as organizações dos eventos que participamos. O objetivo deste post é apenas um convite à reflexão sobre um determinado tema: os eventos campistas (acampadas em grupo, encontros, etc...).

Já explicamos aqui bastante coisa sobre o quanto adoramos os encontros de campistas dos quais participamos e até já chegamos a organizar uns pequenos.

A satisfação sempre é geral e os elogios são unânimes. Todos gostam!

Ocorre que notamos certa obsessão pela superação de recordes de participações quando comparadas as edições anteriores.
Uma busca por mais participantes é natural e bacana. Expandir o número de participantes inevitavelmente proporcionará mais experiências boas a todos os envolvidos, mais intercâmbio de ideias, mais amizades entre as pessoas, entre outras inúmeras coisas boas.

Mas até onde isso pode chegar?

- Por que investir esforços na promoção do evento em busca desse recorde?
- Será que com muitos membros participando dos eventos não se perderá o controle em algumas situações?
- Será que quantidade significará qualidade?
- Será que não estamos nos comprometendo demais com empresas anunciantes/incentivadoras? (e oferecendo esse número de participantes como moeda de troca para prêmios, incentivos, etc...).
- Será que as “condutas campistas*” que tanto cultivamos e estimulamos entre nossas turmas serão mantidas num grupo tão grande como esse pretendido?
* Entende-se por “condutas campistas” uma reunião de comportamentos e valores que os grupos familiares fomentam.

Não podemos correr o risco de criar um “monstro” incontrolável em que, por força de inúmeros membros com perfis variados, perderemos nossa essência tão cativante do início: família, coexistência e amizades.

Relembramos que a posição do nosso blog é a favor da expansão sim. Porém talvez esteja na hora de organizarmos desde já determinados pontos para que eles não se tornem irreversíveis no futuro.
Multiplicar nem sempre é somar!

4 comentários:

  1. Oi Danilo.
    Muito bom colocar isto em pauta, para não perder o verdadeiro sentido de acampar.. Valeu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gladstony, tudo bem?
      Entenda que não se trata de uma crítica ao que está sendo feito, mas sim um aleta para que pensemos no futuro desse movimento que está ressurgindo.
      Obrigado pelo comentário.

      Excluir
  2. Olá amigos!

    Muito bem colocado, entendemos a preocupação de vocês ao mencionarem a quantidade de pessoas. Infelizmente, nem todos vão com o espírito de camping, encontrar e conhecer amigos, fim de semana feliz, diversão e respeito pelo camping. É muito importante que todos tenham essa consciência e a nação campista saia com a visão de um encontro que valeu a pena!

    Parabéns! E fica o convite para conhecerem nosso blog.

    Abraços!!

    Vanêssa e Geovanny

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vanêssa e Geovanny, tudo bem?
      É como eu escrevi a pouco para outro amigo leitor.
      Entendam que não se trata de uma crítica ao que está sendo feito, mas sim um aleta para que pensemos no futuro desse movimento que está ressurgindo.
      Obrigado pelo comentário, abraço.

      Excluir