segunda-feira, 6 de abril de 2015

Quem diria



Pensei, pensei e pensei e decidi. Vou tomar a frente e tentar juntar uma turminha para mais acampadas. Deu no que deu.
Sim, “mini” porque foram eventos secundários ao grande evento anual que agrupa e festeja a enormidade da nação campista que segue o Grupo dos Blog Campistas no Facebook.
Assim, decidimos denominá-los Mini Encontros sazonais, disso sugiram as hashtags #MEV, #MEO, #MEI e #MEP, onde “V” é verão, “O” é outono, “I” é inverno e “P” e primavera, além é claro dos encontros VQQ (Vai Quem Quer).

Neste mês de março de 2015 realizamos o #MEV15, que seguiu a mesma lógica dos anteriores: Juntar tudo de forma simples e sem cronogramas, tudo é decidido na hora e no improviso.
Exceto pela Festa Brega, o MasterChef Barraca e o Camping Awards, que decidimos fazer e organizar um pouco com antecedência, o restante foi tudo ideia conjunta dos participantes.
Foi assim que tudo começou.

A Rose e eu saímos de casa na quinta-feira (12/03) à tarde e chegamos no Camping sede do evento no final da tarde.
O camping sede do evento foi o novíssimo Camping Lyrimar.
Logo de cara percebemos que aquele era um lugar especial, não só pela estrutura gostosa de gramado amplo, instalações bem cuidadas, tudo novo, bem conservado e pintado, a piscina impecável, mini mercado, quiosque amplo com churrasqueira, banheiros limpos e com materiais/suprimentos de qualidade (papel higiênico, toalhas de papel para secar as mãos, sabonete líquido), etc, etc... E é claro o principal, e quem segue o nosso blog sabe que valorizamos isso acima de tudo, foi a receptividade dos funcionários do camping. No caso do Lyrimar são os proprietários Sr. Toninho e Lourdes, o casal mais simpático que já conhecemos em nossas aventuras campistas.
Não há como descrever com palavras o quando essa dupla de anfitriões nos tratou bem, confesso, foi amor à primeira vista. Tudo que eu perguntava para o Sr. Toninho ele me deixava em casa, pré-autorizou tudo, nos recebeu com absoluta amizade e sincero companheirismo.
Na boa, estou tentando mas não consigo descrever, só conhecendo eles para você sentir essa energia.

Voltando a nossa chegada na quinta-feira, fomos os segundos a chegar. Lá já estava o amigo Chiquinho e sua esposa Marli com seu motor-home fantástico. Outro casal nota 1.000, baita bom papo e amizade instantânea. Uma enorme pena foi que eles precisaram ir embora no dia seguinte. Senti a ausência deles.

Nos instalamos e no dia seguinte, na sexta, o pessoal começou a chegar da metade do dia em diante. Ai foi aquela alegria.
Eu não me continha em felicidade ao ver aquela turma toda se instalando sobre o gramado, espalhando tralhas para lá e para lá, erguendo barracas, puxando e fixando cordinhas, todos ali, lado a lado sem muita sequência e sem muita ordem. Todos juntos e misturados, todos sorrindo, todos interagindo num ambiente onde a maioria acabara de se conhecer, mas para quem observasse de fora apostaria todas as fichas que se conheciam há décadas.
A coisa seguiu noite a dentro, com churrascos improvisados entre as barracas, bebidas para cá e para lá, conversas à granel, risadas felizes, causos e mais causos e claro, mais gente chegando, se instalando e se juntando.

No sábado já estávamos praticamente todos lá. Uma ótima sequência seguiu até aproximadamente 11h da manhã, quando o meu amigo e maluco de acampada Afranio decidiu começar o evento Master Chef Barraca, com a ajuda do amigo e também doidão Marcelo Nenê, uma baita ideia para unir ainda mais todo aquele pessoal. Escolhemos o quiosque para sediar a coisa toda.
Deu início e muita gente se inscreveu na hora mesmo e participou. Você tem noção de como aquele ambiente ficou engraçado, harmonioso e claro, cheiroso com todas aquelas delícias sendo preparadas.
Uma comissão foi formada para avaliar os pratos e foram definidos os 3 melhores, dentre eles o campeão, no caso a campeã.
<saiba como foi isso assistindo o episódio em vídeo do Camping Repórter no final desse post.>

Ao término, seguimos com um churrasco coletivo envolvendo todo mundo. Foi maravilhoso !
A noite estava chegando e começamos, com a ajuda de muitos, a decorar o ambiente para a Festa Brega que viria a noite.
Finalmente a festa começou, uma roupa mais brega do que a outra, era cada figurino de cair o queixo. A turma caprichou !
Festa noite a dentro até aprox. 12:30, quando acabei com a música para não atrapalhar que havia ido dormir. Mas quem disse que a turma arredou pé, seguiram ali conversando madrugada a dentro.

No domingo pós ressaca decidimos premiar os vencedores das categorias do Camping Awards, os melhores e maiores do evento bem como os melhores figurinos da noite anterior.
Foram 12 pessoas que receberam o certificado do Camping Awards e mais 12 pessoas que receberam excelentes prêmios da loja Arte na Mata pelos melhores figurinos da noite.

Desmontamos tudo sob chuva constante, mesmo assim com sorriso no rosto e sensação satisfação. Era facilmente perceptível que todo mundo ficou feliz, : )

Assim foi o #MEV15, um evento rápido mas feito por aproximadamente 70 pessoas.
Já estou com saudades da Roseley; Patrícia, Mariana e Afrânio; Natair e Marcelo Nenê; Alessandra, Filhos e Marcelo; Patrícia, Heitor e Marcio; Fernanda, Filhos e Jorge; Juliana, Natália, Júnior e Fábio;  Giovana e André; Bruno e Renata; Sonêmia e Joel; Sheyla, Lorena e Lúcio; Andrea e Henryk; Leila, Giovane, Vitor e Reginaldo; Paula e Vitor; Sônia, Luigi e Adalberto; Luciano e Maira; Eliana, Filha e Ednaldo; Suzana, Rafaela, Pietro e Carlos; Vanessa, Melissa e Rodrigo; Ângela e Reinaldo; Thaise, Mariana, Mateus e Marcos; Cristiane, Raissa, Ryan e Rodrigo; Vanessa, Filhos e Nivaldo; Kalina, Pedrina, Thielly, Néia, Luiza, Larissa, Luiza, Izadora, Lucas, Joaquim, Clayton e Carlos; Roseli e mais um montão de amigos que esqueci os nomes (inclusive nos que escrevi acima pode haver enganos, trocas e grafias erradas, desculpem).

Quem diria heim?


Vídeo do Camping Repórter:


Não tirei foto alguma, mas a turma toda no Facebook tirou e publicou com a #MEV15
Que ver, basta digitar isso na busca do Facebook #MEV15.

Ah, tem algumas fotos nesse link aqui ó, é só clicar aqui.

Abração e até breve,

Danilo

14 comentários:

  1. ... primeiramente gostaria de começar assim:
    "é um troço meio esquisito isso; nos juntarmos com pessoas que nem conhecemos bem, mas o incrível é que formamos logo uma grande família"
    Olha só, dizer que esse Encontro (que de mini só tem o nome) foi show é querer economizar nas palavras. Foi tudo feito com carinho por vocês e por todos que colaboraram.....Eu sou uma das pessoas que testemunhou a sua ansiedade e medo - medo de não estar tudo perfeito, e ansiedade por juntar com essa nossa turma que só aumenta e só tem gente boa demais!
    Ah! sobre o seu post? num vou comentar muita coisa não - prefiro lembrar da festa e assistir o camping reporter pra matar as saudades!
    Como sempre vocês estão de parabéns Sr Danilo e Dª Rose ... ficou tudo perfeito!
    saudades de vcs.....abração
    #goMEO15
    #MEO15
    Família Afrapaty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado amigos Afrapaty, de fato somos praticamente uma família !

      Excluir
  2. Fala casal Dan Dan e Rose.
    Como sempre sua postagem esta excelente mais confesso que sentimos falta das suas fotos.
    Sobre o encontro o que podemos dizer e que foi espetacular tudo aconteceu como tinha que ser.
    Parabéns e que venha os próximos.
    Abraços Marcelo & Thais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Thais e Marcelo, foi uma acampada e tanto. É muito bom tê-los em nossa companhia.
      Na próxima vou "bater mais chapas".
      Já já virão novas aventuras !
      Abração.

      Excluir
  3. Um dia esperamos conhecer ao vivo todos vocês já que estamos iniciando nessa boa jornada. De tanto que lemos os blogs campistas já nos sentimos um pouco parte dessa família.
    Abraços fraternos!
    Marcelle e Sylvio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigos Marcelle e Sylvio, não seja por isso, já já divulgaremos o #MEO15, o mini encontro de outono.
      Queremos vê-los lá, vai ser ótimo !

      Abração e obrigado pela leitura.

      Excluir
  4. Belas palavras meu caro Danilo. O #MEV15 foi muito Top ! Primeiro encontro da Malokada e não tinha noção do que seria rs.... amamos, parabéns pela iniciativa. Já estamos prontos para o #MEO15/Teresópolis. Abraço !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcello, beleza?
      Obrigado pela visita ao nosso blog.
      Foi muito bom mesmo o MEV ! Infelizmente não poderemos ir ao #MEO15/Teresópolis, mas está nos planos um #MEO15/SP (data/local a definir).

      Forte abraço à Malokada.

      Excluir
  5. Foram só 2 dias e meio mesmo? Até bjs não acredito... a cada novo post sobre o #MEV15, mais saudades.

    Obrigada pela acolhida a estes cariocas malucos. Obrigada por nós provarem que encontramos, neste novo estilo de vida, gente de caráter, afeto e disponibilidade. Era o que procurávamos.

    Que venham mil MEs...

    P. S.: um pedido, pode ser? Vamos fazer um cá sim mais pro Norte, pra quilometragem dos cariocas ser um pouquinho menor. O combustível tá caro, amigo! Russas

    Mais uma vez, obrigada, Danilo e Rose. Vcs são espetaculares. Beijo estalado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Renata e Bruno, que bom que vieram ao nosso blog.
      Nossa amizade nasceu instantaneamente, de forma incrível e natural.
      Vamos sim fazer mais para cima e mais para baixo. SP, MG, RJ, ES, SC, PR, RS, BA, etc...

      Abração e até breve (espero que não demore muito).

      Excluir
  6. Adorei o camping repórter.
    Muito divertido!!

    Parabéns pelo encontro!!

    ResponderExcluir
  7. Ai, sabe aquele momento da turma toda enfeitando o quiosque pra festa da noite, foi mágico!!!! Todos tão felizes e empenhados em enfeitar, sem nenhum outro interesse a não ser mais diversão, mais amigos, mais alegria, puxa!! Acho que compartilhar essa alegria com tanta simplicidade é muito significativo nos dias de hoje.
    Bjs a todos. Sheyla, Lorena , Lucio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sheyla, em primeiro lugar, obrigado pela leitura e pelo seu ótimo comentário.
      Por algum motivo desconhecido, talvez sociólogos saibam explicar, temos nos distanciado cada vez mais como indivíduos de uma sociedade.
      Hoje, abrimos o portão da nossa casa procurando avistar alguma ameaça como por exemplo ladrões e deixamos de praticar a boa vizinhança. Muitas vezes não observando sequer o nosso vizinho também entrando ou saindo de casa a espera de um simples, mas importante, cumprimento de saudação.
      Observamos a pracinha na frente das nossas casa em frangalhos e não nos mobilizamos para cuidar dela, sob o pensamento egoísta do tipo: “pago impostos para a prefeitura cuidar disso, não eu!”.
      Como se repetíssemos o comportamento dentro de casa, sujando tudo de propósito já que pagamos uma empregada para limpar.

      Numa primeira visão parece que estamos no fim da linha como cidadãos, mas o campismo tem provado o contrário.

      Nos campings o mais puro e bacana sentimento coletivo de pertencimento e envolvimento está vivo e presente. É a vizinhança à moda antiga.
      Cadeiras para fora, bate papo ao cair da tarde, amizades instantâneas, bom humor, risadas, sorrisos e criançada brincando solta.

      Para mim, os campings são pequenos núcleos sociais onde a civilização mostra a sua melhor virtude.
      O ser humano ainda tem salvação, ufa !

      A propósito, este será o tema da minha próxima postagem no blog.

      Abração,

      Excluir